A maior cidadezinha do mundo

Pausa pra comentar de mais um causo fantástico dessa pequena grande cidade, Belorizontem.

Pra todo lugar que eu vou, eu encontro conhecidos. Não sei se é porque eu conheço muita gente, porque o mundo é um lugar pequeno, ou porque Belo Horizonte é o maior ovo do mundo.

Na época que eu morava nos Eua, pegava uma conexão em Miami pra voltar pra casa. Eu ficava lá umas 4 horas, por causa do horário dos vôos. Não aconteceu nenhuma vez de eu não encontrar conhecidos.

Outro dia fui numa balada em Berlim e, final de noite, todo mundo bêbado, puxei conversa com uma menina. Falei que era do Brasil, ela perguntou ‘da onde’, eu falei ‘Belo Horizonte’, e ela disse tinha acabado de conhecer (e pegar) um cara de lá. Eu duvidei, ela mostrou o whatsapp, e era um calouro meu. Até mandei mensagem em português pro cara.

Outro dia, festinha do CS, o John tinha um couchsurfer brasileiro em casa. Encontrei o Pedro e dissemos pras pessoas em volta que não demoraria mais de 5 minutos pra encontrarmos uma pessoa que ambos conhecessem. Devíamos ter marcado o tempo, porque rapidíssimo descobrimos que o Pedro tinha estudado física com a Flavinha, na UFMG. Foto pra prima :D

Ontem a Mel, alemã que que eu conheci outro dia, postou no facebook que estava vendo jogo comigo. Um moço, Wallyson, comentou ‘que coisa, ela é da mesma cidade que eu!’. Fui ver, e batata: é o marido da Nanda, irmã da Aninha, das épocas do GJ.

Mundo pequeno!!!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s