É ritmooo, é ritmo de festa

Então daqui a menos de um mês é meu aniversário. Muitas considerações!

A primeira é que eu deveria se referir a esse dia como ‘aquele dia anteriormente conhecido como meu aniversário’. Porque depois que meu bebê nasceu, acabou o meu aniversário. Até meu lugar como ‘a alegria da casa’ me foi tomado. Chegar em casa e estar todo mundo me esperando com bolo de cenoura? Nunca mais! É bom que eu me lembre de levar as chaves, senão corre o risco de terem ido todos pra Divi e me trancarem pra fora de casa! :)

A segunda é que, tendo meu bebê nascido exatamente no meu aniversário de 27, já estávamos combinados desde então que faríamos uma festa de trinta e três, em 2013. E festa de 33 teremos! Huhu!

***

Normalmente eu combino de me encontrar com meus amigos em algum bar. Só vejo vantagens: normalmente eu marco várias datas, e cada pessoa pode decidir que tipo de lugar gosta mais e principalmente que dia pode (porque em época de natal as pessoas têm muitos compromissos!). Além disso pode chegar a hora que quiser e ir embora a hora que quiser – tem gente que passa só pra dar um abraço antes do amigo oculto da empresa, ou chega no final da noite depois da festa de natal do prédio, sei lá. E melhor ainda é que, como não é festa, não tem que levar presente! Claro que tem pessoas que me conhecem muito e me dão presente sempre; mas pro resto da humanidade, acho tão mais fácil aparecer, tomar uma cerveja e pronto!

Pra mim, também descomplica: não precisa programar nada com antecedêcia, posso fazer várias festinhas em vez de uma só (normalmente de quinta a domingo), e posso chamar o mundo inteiro. E esse é o meu plano pro dia do meu aniversário mesmo – ir prum bar e tomar uma com quem quiser aparecer.

Mas tendo bebê na jogada, vai ter também festinha lá em casa. E tendo festinha lá em casa, precisei escolher a lista de convidados. E eu gosto de um montão de pessoas. Pensei, pensei… e no final foi triste mais foi fácil. O critério de escolha foi muito simples – quem é que continua na minha vida, mesmo comigo longe? Quem dá notícias, quer saber de mim, faz questão de me encontrar quando eu vou em BH? Não estou falando de agora, em Frankfurt – estou falando desde que eu saí de BH e comecei a morar cada hora em um lugar. A lista das pessoas que eu gosto é enorme – mas a lista das pessoas com quem de fato eu vou ter assunto (que não seja opa, que coisa, você casou?!) não é grande nada. Cabem na sala.

Advertisements

2 thoughts on “É ritmooo, é ritmo de festa

  1. Alguma vantagem há de haver em ser a única irmã que não tem carreira internacional, oras. Enquanto isso, vai recortando papel direitinho, viu? ;P

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s