Eppstein

Aqui perto de Frankfurt tem um montão de castelinhos. A sugestão da vez foi Eppstein e fomos lá num domingo. Pra chegar lá é meia hora de trem, e baratinho: pagamos 2,50 pela extensão do ticket.

O tempo não ajudou – estava frio, chuvoso e cinzento – mas a cidade é bem bonitinha. As duas últimas fotos são com um filtro especial da câmera, pra vez se espanta um pouco o cinza.

IMG_3381

IMG_3385

IMG_3387

IMG_3389

O castelo também é bem bonitinho! Ele é de cerca de 1120. A entrada custa dois ou três euros e dá direito a ir no museu. No museu tem umas peças interessantes, mas o melhor é que lá dentro estava quentinho.

IMG_3407

IMG_3409

IMG_3398

IMG_3401

Em uma hora terminamos de visitar o castelo (incluindo subir na torre!). Tenho que confessar que o frio e o cinza não ajudaram. A única coisa colorida foi essas janelas, que alguém pintou de azul (por quê, eu me pergunto).

IMG_3420

IMG_3430

IMG_3416

Mas aí, demos uma bruta sorte e encontramos a Primeira Oktoberfest de Eppstein! A gente tinha visto um cartaz na estação, mas não tínhamos encontrado ninguém pra perguntar onde era a festa. Andando pela cidade, tudo vazio… até de que repente vimos gente com roupinha de Oktober, os seguimos… e caímos na festa! Yey!

2013-10-27 14.14.23

A festa era dentro do Corpo de Bombeiros, e a média da faixa etária caiu uns 20 anos quando a gente entrou. Só tinha velhinhas e velhinhos simpáticos e de cabelos brancos, dá pra ver na foto aí embaixo! E dá-lhe música de Oktoberfest.

IMG_3444

A festa era cheia de comes e bebes, e o mais legal era o esquema de comprar e pagar. Já falei que alemão adora uma quermesse? Com o primeiro pedido, você ganhava o papelzinho da foto abaixo. Com cada compra, um risquinho (que às vezes o moço pedia pra você mesmo fazer). E no final, pagava tudo no caixa. Preços convidativos de quermesse: cerveja pequena, 2 euros; cerveja grande, 3; handkase, 2,50; sopa, 2; torta, 2 euros. Hmmm!

IMG_3442

O mais legal foi a convicção do cara que marcou minha primeira cerveja: ele sinceramente achou que eu ia tomar muitas e muitas cervejas então era necessário fazer o risco o mais no cantinho possível.

IMG_3443

É saindo de Frankfurt que você vê como Ffm não representa a Alemanha: estávamos eu e a Irina conversando em inglês (ela é russa) e, de repente, uma das velhinhas vem perguntar de onde somos e como achamos a festa! De cara fiquei sem reação pensando ‘como é que ela sabe que não somos daqui’; depois lembrei que ela deve conhecer toda e qualquer pessoa da cidade, não precisava nem da gente estar conversando em inglês. A moça bateu papo, quis saber o que estávamos achando, se gostamos da comida, se tínhamos experimentado isso e aquilo, ofereceu pra tirar foto… coisa que nunquinha na vida um Frankfurtiano faria! Fiquei me sentindo super acolhida na festa do asilo, opa, da cidade.

Quando cansamos de comer (reibekuchen! reibekuchen!) resolvemos ir embora, porque o trem passava só de meia em meia hora. Quase chegando na estação, quem me aparece? O sol, maldito, que aqui São Pedro tem conluio com Murphy e só aparece pra deixar a gente bravo. Mas tudo bem, que deu pra dar uma corridinha na ponte e tirar uma foto de como deve ser o castelo num bonito dia de verão.

IMG_3455

IMG_3457

Advertisements

2 thoughts on “Eppstein

  1. Eu ADORO comidinha de quermesse! Ainda mais as sugestões de gente velhinha, que deve ter ajudado a preparar e experimentado tudo. Nham!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s