Matematikum

Tem um museu de matemática aqui pertinho, em Giessen, e como boa nerd que eu sou, resolvi ir lá.

Serviço: Giessen nem é tão perto de Frankfurt nada – eu tenho o tíquete mensal e precisei pagar 10 euros de suplemento, em cada perna. Mas vamos que vamos que pode ser legal, né?

Não vimos a cidade mesmo, mas fomos direto pro museu, que é bem perto da estação central. De lá tem placas, como eu esperava (já que é a maior atração da cidade). Entre a estação e o museu vimos vaaaaários restaurantes, então dá pra almoçar na ida ou jantar na volta.

Pra entrar no museu, custa 7,50 pros adultos – criança é mais barato. Tem bastante coisa pra ver. Ficamos umas 3 horas, e saimos super cansadas (porque pensamos muito, já falo sobre isso!) – se tiver criança, acho que dá pra ficar mais. Todas as explicações são em alemão e em inglês. De hora em hora tem uma palestrinha de 10 minutos sobre algum tema bacana, mas essas são só em alemão.

São três andares. Tem várias salas com puzzles de várias dificuldades. No andar mais de cima tem os pra crianças; são basicamente os mesmos dos adultos com uma dimensão a menos :) Tem de montar, tem de duas e três dimensões, tem de encaixar, tem de contar… alguns a gente resolvia na tentativa e erro, mas os mais fáceis eu queria saber por que e entender o que tinha funcionado. Vários que achamos difícil, as crianças acertavam na hora. Mas outros vários que achamos difícil nem as crianças nem os adultos conseguiram. E a porcaria do V de quatro peças eu desisti, depois de fritar os miolos por muitos minutos. Passei pro desafio do lado, e quando duas moças montaram o V eu não pude me segurar e falei ‘oooh!’ e fui espiar como fazia :) Procurei no Google e não encontrei, devia ter tirado foto!

Além dessas salas de puzzle, tem outras temáticas. Logo de cara tem a sessão do pi! Tem um painel enorme com muitas e muitas casas de pi. Foto de timeline de facebook, sabe? :D

IMG_3522

Nerd engajada

Tem também um aplicativo que mostra onde sua data de nascimento aparece na sequência. Acho legal como eles inventaram jeitos de fazer ficar pessoal e divertido :)

IMG_3525

They say it’s your birthday

Tem também muitos brinquedos sobre som, ondas, luz, refração… e claro que tem uma sessão de espelhos, né. Vamos lá, todos nos, se sentindo a Super Xuxa contra o Baixo Astral!

IMG_3546

Quem canta seus males espanta!

Outra coisa que eu adoro é a sessão de fazer bolhas. Tinha umas crianças fofoluchas que não queriam se desgarrar desse brinquedo ai, mas esperamos pacientemente e fomos lá brincar também! Não é tão fácil como parece manter essa bolha; tem que puxar rápido mas não muito.

IMG_3531

Opa!

IMG_3542

Assim?

IMG_3543

Aeeeh!

Pra construir, tinha aquela ponte de parábola e também ponte de Leonardo. Ambas eu tentei montar com meus pais em SanFran e de novo aqui, e não rolou muito a de Leonardo. Parece que quem tem jeito com Lego é que sabe montar…

Depois de passar horas resolvendo desafios matemáticos, parece que a cabeça emperrou. Ficamos uma boa meia hora nesse aqui e nem comer uns chocolates (escondido das crianças, claro) ajudou. O negócio é o seguinte: a parte de cima do desenho é dividida em duas. Se você troca ambas de lugar, o número de crianças muda. Na primeira foto, são 16; na segunda, são 15 (pode conferir). Como é que é isso?

IMG_3539

Assim tem dezesseis crianças

IMG_3537

mas assim tem quinze

Alguém se habilita a dar a explicação?

Em comparação com outros museus de ciência, o de Giessen perde pro Nemo ou pro Exploratorium, dois museus que eu já tive a oportunidade de ir e voltaria mil vezes. Ambos têm muito mais coisa, mas não são voltados só pra matemática, né – aí fica mais fácil! Em termos de desafios matemáticos, acho que esse é mais legal. Valeu o passeio :)

Advertisements

5 thoughts on “Matematikum

  1. Gente!!!! Eu fiquei um tempo bom aqui contando crianças e tentando entender… Contei por quadrante, por cabeça… Separei a imagem em duas na vertical e separei como no corte. Ainda não consegui entender o que está rolando. Alguém já consegue explicar?

  2. Peoples,
    Quem sumiu foi o segundo menino de vermelho à direita (contando da direita pra esquerda). No segundo desenho, o corpinho dele virou o vestido da segunda menina à direita (contando no mesmo sentido) e a cabeça foi pro menino no centro segurando um cubo. Aí rola um troca-troca de cabeças e pés, e o truque é 1) o topo da cabeça do menino que está na cadeira de rodas no primeiro desenho também é o pé do menino que segura a lata; 2) os pés do primeiro menino à esquerda no primeiro desenho são só uns risquinhos e passam desapercebidos no segundo desenho.
    Onde é que pega a carteirinha de nerd?

    • lud, continuo sem enxergar. minha intuição era nesse menino de vermelho mesmo, mas… se voce contar, ainda são 16 cabecas no primeiro e 15 cabecas no segundo! a cabeca do menino de vermelho vai pro moço com a caixa, o corpo fica onde está, como ele some?!… [momentos de emocão] AAAAAAAAAAH, agora eu achei! achei! achei! o menino que sumiu está dentro do primeiro menino à esquerda da foto de baixo: na foto de cima, o pé dele é uma cabeça e o risquinho que tem embaixo é um pé. na foto de baixo, o pé dele NAO é uma cabeça e o risquinho de perna não é nada. AEEEEEEEEH! pode vir aqui buscar sua carterinha de nerd :D

  3. Uau, incrível o museu. Quando vc começou a falar em museu da matemática, pensei: o que pode ter de interessante lá? Pelo visto muitas coisas. Gostei. Gostei do Pi, ou seja, na sequencia do Pi tem todas as possíveis combinações de 0..9.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s