Sobre os babacas desse mundo

No meu primeiro projeto, tinha um moco da SAP. O moco da SAP era o rei do mundo e sabia tudo e era o super especialista. E eu era a analista recem-contratada. Mas eu era gente, ne’. O tanto que eu sofri com esse cara dava pra encher um post inteiro. Meu caso preferido foi quando eu levei duas semanas pra conseguir marcar uma reuniao de revisao com ele – porque ele estava la’ pra revisar nossos documentos. Nao era favor, era o trabalho dele mesmo. No meio da reuniao, ele viu um moco conhecido passando, e foi tomar um cafe’ com o cara. Me deixou plantada, sozinha, no meio da reuniao. Que eu custei duas semanas pra marcar.

Em todos os meus outros trabalhos eu encontrei babacas parecidos, uns mais babacas ainda, porque parece que babaquice nao tem limite. Mas eu achei que tinha aprendido a pelo menos nao me estressar com eles.

E’, achei, so’. Porque eu sofro muitao com o babaca atual da minha vida. ‘E o super-ultra-expert da ‘area. Se eu pudesse, eu nem falava com o sujeito, ja’ que ele ‘e tao obviamente ocupado. So’ que meu chefe, malandro, colocou nos meus objetivos aprender COM esse cara.

Ontem foi mais uma tentativa. Pra fazer perguntas, tenho que marcar reuniao. Ta’ certo, o moco ‘e ocupado. Quando chego la’, ele nao so’ fala que estou parando o trabalho dele como deixa bem claro que minhas perguntas nao sao urgentes, e que deveriam ser perguntadas pra outras pessoas. Por fim, grande parte das perguntas ele nao responde, mas ‘desafia’ (‘por que voce quer saber isso?’, ‘depende, nao existe resposta pronta, voce tem que analisar’ – sem falar do que depende, ‘isso voce tem que falar com XYZ, nao comigo’). Das duas perguntas que ele de fato respondeu, uma ele respondeu errado. E tenho a impressao de que foi de proposito.

Nao me interessa cacar briga com esse cara – nem com ninguem, na verdade. Me interessa muito aprender as coisas que ele sabe. E me interessa mais ainda nao me deixar irritar com esse tipo de babaquice. Como faz?

Advertisements

5 thoughts on “Sobre os babacas desse mundo

  1. Assim, sem pensar muito, acho que ele não está nem um pouco interessado em ensinar para você as coisas que ele sabe. Dúvida 1, será que ele sabe mesmo? Dúvida 2, ele tem motivo para se sentir ameaçado por você (de alguma forma)?
    Boa sorte! O mundo tá cheio de babacas, e tem épocas que parece que eles se concentram perto da gente. Não sofre não, não vale a pena.

  2. Hm, concordo com a Daniela. Ele deve ser super inseguro. Também imagino que possa ser xenofobia. Uma amiga que mora na Alemanha diz que sofre bastante preconceito, já foi hostilizada por ser estrangeira, principalmente por não ser europeia. Você não tem como dar uma pesquisada na vida dele e saber do que ele gosta ou faz? Às vezes, se ele perceber que vocês têm algum interesse em comum, ele pode diminuir o nível da babaquice e ser menos idiota!! Entretanto, se ele for desse jeito com todo mundo, não tem como você achar um mentor que faça o que ele tb faz? SÓ TEM ELE QUE FAZ ISSO EM TODA A EMPRESA? Você não tem abertura para solicitar isso para o seu chefe? :(

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s