113

‘e o numero atualizado de bandas que eu ja’ vi ao vivo. Acabei de colocar as bandas do Rock am Ring na lista (festival ‘e uma beleza pra essa contagem) e passei dos 100 shows. Yey!

A lista comeca em 2000 e fumacinha, nos Pop Rock Brasil da vida. E tem shows bons e ruins, que eu gostei e que eu nao gostei, que eu fui porque adoro o cantor e que eu fui porque me pediram pra ir junto. Tem Metallica e tem Latino. Tem Alanis e Psirico (acho que foram no mesmo dia inclusive – Festival de Verao de Salvador, uma salada musical). Tem shows que, quando eu assisti, eu nem era tao fa da banda e tem shows que eu deixei de ser fa’ quando assisti.

Pra mim a diferenca ‘e clara: uma coisa ‘e show no palco, outra coisa ‘e a musica. Tem varias bandas que eu nem sou super fa das musicas, mas que o show ‘e fenomenal. Quem ja’ viu um show do Skank sabe do que eu estou falando; Ivete mesma coisa. Tem umas bandas antigas que tambem fazem (ou faziam) shows otimos, como o Nenhum de Nos e o Ira e o Biquini Cavadao (que nome, meu deus). Ao mesmo tempo, tem gente que eu adoro as musicas, mas que ir no show foi bem sem graca – o Jake Bugg ‘e o exemplo mais recente. Que show chato da pourra! Mesma coisa pro Clapton (desculpa, tio), BB King, Cranberries. Procurei um exemplo de musica boa e show chato de banda brasileira e nao achei – generalizando, a gente ‘e bom de palco! :D

E tem tambem aqueles shows em que tanto a musica ‘e otima, quando o show ‘e fenomenal. Ai o show vira um evento. Pearl Jam (aaaaaah Edinho!), Paul, Metallica. Maroon5. Teatro Magico. Kate Nash. Shakira. Miranda Kassin. Esses eu quero ver de novo!

Advertisements

Frankfurt num dia de sol

Ja’ falei como essa cidade fica linda quando faz tempo bom? Esse final de semana esta’ bem bonito e quase quente – ‘e mais ou menos como Ouro Preto. Se voce fica no sol fica quente, mas se vai pra sombra esfria. E eu corri pra ficar no sol : )

IMG_1133

Aaaaaaaaaah. :D

A cidade tem um monte de parques, um monte mesmo, varios deles perto do rio. Tem ate’ um mais perto de casa, mas eu gosto especialmente dessa parte do rio perto do centro. Ai nao ‘e a praia nao – ‘e um lugar mais tranquilo. Fiquei sem graca de tomar sol de biquini num lugar muito movimentado!

IMG_1128

Beira do rio

Da’ pra ver como Frankfurt ‘e arborizada e verde considerando o tanto de patos e gansos e passaros que tem na cidade. No meu bairro, logo antes do nascer do sol, da’ pra ouvir os passarinhos, se voce estiver na rua esperando o bonde pra voltar pra casa. Tambem vejo sempre coelhos (agora ta’ mais dificil porque so’ os vejo ‘a noite, e quase nunca ‘e noite) e esquilos eu via no inverno.

IMG_1125

Quaaaac.

O mais gostoso dos dias de sol ‘e que todo mundo, todo mundo mesmo, sai de casa. A cidade vira outra. Tem gente andando, correndo, passeando, de bike, de patins, com cachorro, sem cachorro, empurrando carrinho de bebe, sozinho, acompanhado, com criancas. Outra coisa que ‘e bem legal ‘e que tem muuuita gente velha. Claro que ajuda a cidade ser super segura. Enquanto eu estava tomando sol, um casal de uns 60 anos se estirou na grama perto de mim, pra um cochilo. Depois acordaram e ficaram de beijinhos. Muito fofo. Aqui na Alemanha, nao tem idade pra ser feliz.

IMG_1174

Todo mundo no rio

O que eu noto tambem ‘e a despreocupacao das pessoas com o corpo. Ta’ a fim de tomar sol? Poe um biquini e vai. Ninguem fica olhando, reparando, e muito menos sendo grosso e dando cantadas. Nao sei se posso dizer que as pessoas sao individualistas – sei que elas nao se preocupam com a vida dos outros e disso eu gosto muito.

IMG_1170

Ainda ‘e o mesmo Harry Potter

Antes de ir pra rua passei no Penny e comprei uns morangos pra levar. A melhor ideia do dia foi colocar o pote com os morangos dentro de um pote maior, e preencher o resto com uns cubos de gelo. Morangos fresquinhos o dia todo :D Eu tirei essa foto com o livro mas e’ so’ porque na hora eu tava lendo – na verdade nao li muito nao. Muito mais gostoso espiar o rio, ver o movimento, assistir os patos e os barcos, pensar na vida…

Custo de vida

Essa semana um pessoal do Brasil me mandou email perguntando dos custos aqui. Eu sempre acho dificil responder essas perguntas, porque depende de tanta coisa!…

Por exemplo, fui agora no mercado comprar umas coisas que eu tava precisando. Um pacote de morango, um pacote de cereja, um pacote de tomate (olhai o projeto Leia), ovos, um cha’ gelado e um suco de laranja. Conta total, 9,78. Nao sei quanto isso custa no Brasil hoje em dia (os tomates estavam pela hora da morte, ne?) mas aqui nao acho caro.

IMG_1122

Que saudavel :D

Cereja e morango nao sao caros – o quilo da cereja fica em 5 euros, e o do morango em 2,80. E sao morangos e cerejas deliciosos – botam no chinelo os do Brasil. Mas se voce quiser comprar uma manga, ou vai pagar dois euros por UMA manga feia e verde, ou vai rodar a cidade procurando uma manga bonita (e me conta se achar). Eu fico com as cerejas e os morangos.

Locken

Uma das primeiras complicacoes que eu tive aqui na Alemanha foi achar produtos pra cabelo cacheado. Nao ‘e muito comum ver gente com cachos na rua. No supermercado ou na drogaria, tambem achei dificil encontrar produtos especificos pra cabelo cacheado – e olha que eu olhei no dicionario e sabia o que procurar: locken.

A Guhl ‘e uma marca que tem xampu pra tudo quanto ‘e tipo de cabelo – no site deles tem 20 qualidades. Foi a primeira marca que eu achei pra cabelo cacheado, e mesmo assim quando achei o xampu nao tinha o condicionador, e depois nao tinha o xampu, e gastei varias visitas pra conseguir comprar o kit.

IMG_1116

Guhl

O xampu nao ‘e ruim, mas tambem nao ‘e bom. O condicionador ‘e fraquinho, e o spray deixa o cabelo duro. O spray eu tentei usar uma ou duas vezes so’ e larguei mao; o xampu e condicionador eu tou tentando acabar mas ta’ dificil!

A segunda que eu achei foi a Balea. “E a marca baratinha da DM, e como meu cabelo adora um xampu barateiro, achei que pudesse servir. Tambem me agradou o fato de ser sem silicone. Comprei tambem o condicionador, que nao ta’ na foto porque ja’ acabou, grazadeus.

IMG_1117

Balea

Talvez porquer a linha ‘e sem silicone, o xampu nao se preocupa em *tirar* o silicone do cabelo – mas eles se esquecem das outras porcarias que a gente passa, ne? Esse xampu e lavar com ‘agua e’ quase a mesma coisa; preciso usar umas tres vezes pra limpar o cabelo. Bom que acaba rapido? Que nada, esse negocio ta’ durando meses. O spray tambem usei uma ou duas vezes e larguei mao. Sera’ que tem gente que aceita doacao?

Quando morava nos EUA, aproveitei que la’ era menos caro e comprei a linha inteira do John Frieda. Resultado? Nenhum; os produtos ou pesam demais o meu cabelo, ou nao pesam nada e eu fico com os cabelos na lua. Nao sei porque eu nao aprendo; aqui comprei de novo o leave-in so’ pra me decepcionar de novo. Ele ‘e super oleoso e deixa um ar de ‘faz tres dias que eu nao lavo’.

IMG_1118

Ah!, voce sempre me decepciona

Uma boa surpresa ‘e essa linha ‘hercut’ – apesar do nome pseudo-engracadinho idiota – que me ganhou pelo cabelo lindo, lindo da moca desenhada. Tinha que ser desenho mesmo, ne? Porque ninguem tem esse cabelo na vida real (a vida real nao inclui a Gisele). E’ uma mistura de gel e de leave-in e da’ super certo, se desconsiderar o cabelo ficar um pouco duro. Ou seja, nao rola de usar antes de um date (que tem a obrigacao de fazer cafune’ e enfiar as maos por debaixo do cabelo da gente, ne?) – mas pra uma festinha do trabalho ta’ valendo.

Agora larguei mao de experimentacoes e estou usando o Ever Pure da L’Oreal que, se nao ‘e pra cabelos cacheados, pelo menos ‘e sem sulfatos. A mascara dessa linha ‘e fenomenal e deu jeito no meu cabelo que estava um bocado ressecado em 3 lavagens. E o cheirinho ‘e bom!

E enquanto nao resolvem aprender com o Brasil e lancar a linha da Hidraloe aqui… a gente aproveita a visita pra fazer estoque. Quem estiver pensando em vir, nao me apareca sem pelo menos um potinho!

IMG_1120

Estoque de hidraloe

Desapego

Eu leio sempre o Leo Babauta (meu idolo, ainda mais com esse sobrenome bacana) e ele fala muito de desapegar, de deixar pra la’, de se livrar das preocupacoes… e eu acho que ele quer dizer das pequenas coisas, muito antes das grandes.

Entao estava eu brigando com meus cravos na frente do espelho. Minha pele ainda nao captou que em breve eu vou ser uma simpatinha senhorinha de trinta anos – continuo tendo espinhas e cravos enooooormes (bom, pra quem tem, cravo e’ sempre enorme). E dai estava brigando com uns cravos em lugares que ninguem ve – nos ombros, no colo – com aquele sentimento de ‘preciso tirar voce dai e vai ser agora’. E ai comecei a pensar, o que fez de mal esse cravo aqui? Ah, nao posso deixar ele nao, ‘e feio, ‘e preto. Mas normalmente, quando eu espremo os cravos fora, dependendo do lugar, eu fico com uma pinta ou uma mancha. Ou seja, ponto preto por ponto preto, estou so’ trocando um pelo outro. E se eu largar o cravo, nao passo por um periodo de inchado e vermelho por causa da espremecao :)

Mas o ponto nem ‘e o preto e o vermelho. O ponto ‘e esse escrutinio de enxergar cravos onde ninguem vai perceber, nem quando eu estiver seminua na praia – muito menos quando eu estiver seminua na praia, se tudo correr bem, haha. Essa mania de querer ter a pele perfeita, o rosto perfeito, os pelos todos em seus devidos lugares. Os dez minutos que eu gastei me preocupando com a feiura dos cravos e com o estado nao-impecavel da minha pele.

Quer saber? Preciso desapegar dos cravos dja’.

CSD Berlin

Aproveitei a passagem por Berlim pra ir na CSD, que e’ a Christofer Street Day Parade – tipo a parada gay daqui. Antes de ir perguntei pro pessoal como era, pra nao me assustar: fiquei com medo de ser informacao demais pra mim. Mas foi beeeem tranquilo.

Primeiro que organizacao alema, ja’ viu. Tudo limpo, organizado, o transito ia sendo parado conforme a parada ia passando. Muita gente com camiseta de organizacao e radinho. Segundo que essa parada da’ muita gente nova, velha, muita familia, muita crianca. Nao ‘e clima de micareta, ‘e clima tranquilo mesmo.

Teve muitos cartazes e faixas e ate’ alguns carros falando de Putin e da Russia, por conta das leis sem nocao que eles andam promulgando por la. Eu nao sabia e tou impressionada; nao esperava esse grau de intolerancia. Nessas horas me da’ orgulho do Brasil; a gente tem muito o que melhorar mas sempre pode piorar, ne?

IMG_1030

Putin…

IMG_1037

…e faixas em russo?

Tambem tinha muita mulher e muitos cartazes feministas ou falando de preconceito de genero. Esse cartaz com os coracoezinhos coloridos foi o meu preferido. Tambem invejei essa estrutura pra nao ficar segurando o cartaz com os bracos abertos o tempo todo :D

IMG_1043

Cartaz preferido :)

IMG_1060

Feminismo ‘e sexy

E geeeeeeeente, quanto homem gato tinha nessa parada? Tinha muita mulher bonita tambem, mas muito mais homem e mais ainda homem gato. Parada gay ‘e mesmo apologia – acho que vendo essa beleza toda ate’ quem nao curte homem pensa duas vezes :D Eu nao tirei foto porque fiquei sem graca, mas achei um exemplo – o que eu queria era fotografar a camiseta, mas o cara e’ gato :) Tou falando ‘e disso aqui, hehe.

IMG_1054

Homo sapiens

A maioria das pessoas estava vestido normal, de bermuda e camiseta, mas teve tambem muitas drags (umas lindas) e uns mocos de roupa de couro. Tinha um com um macacao de couro e a bunda de fora – que vontade de dar um tapinha! Me disseram que ano passado tinha gente de coleira e de quatro no chao, mas nao vi nada assim tao extremo. Ah!, vi sim! Tinha um moco totalmente sem roupa, com uma meia cobrindo as partes pudendas. Falando em drag, no carro que a gente escolheu seguir (o que tinha o melhor dj, claro) tinha uma moca tao linda e tao composta que eu fiquei impressionada. Uma drag super lady. Foi bom pra quebrar meu proprio estereotipo de drag esfuziante (e barraqueira!).

A parada terminou no portao de Brandemburgo e ai tinha um montao de barraquinha de comida (langossss!) e bebida, e tambem um palco com varios shows. O pessoal ficou por ali mesmo, indo de la’ pra ca, mordiscando uma coisa gostosa, dancando na rua. Nao lembro as bandas, acho que todas alemas (ve-se que ai eu so’ estava preocupada com comer wurst). Nessa foto, a coisa redonda enorme em cima do palco ‘e a lua; a parada foi justamente naquele dia que a lua estive mais proxima da terra e coisa e tal.

IMG_1089

Festinha

O mais legal eu deixei pro final: eu nao queria so’ espiar a parada. Desde a parada do Rio contra o Feliciano, na qual eu so’ fui de plateia, eu queria marchar junto. Aproveitei a onda de protestos e a cartolina que eu tinha comprado pra manifestacao aqui em Frankfurt mas que nao usei, e a ideia da Deborah, pra me manifestar:

IMG_1058

Nao me representa!

Um montao de gente tirou foto, vinha falar conosco, dizer que concordava. Muito brasileiro em Berlim : ) Algumas pessoas (cinco, pelas minhas contas) vieram perguntar o que o cartaz queria dizer e ai explicamos (em ingles, que meu alemao nao da’ pra isso) que o Feliciano ‘e presidente da comissao de direitos humanos, que ‘e um biltre, mas que o Brasil ‘e um pais democratico, nos’ e’ que colocamos ele la’, entao ele que tem que renunciar, por isso o ‘fora’. Na verdade no comeco eu so’ tava falando que o Feliciano ‘e um biltre mas levei uma bronca e comecei a explicar direito, porque nao quero que os gringos pensem que a gente nao vive numa democracia. E’ democratico e ta’ so’ melhorando, ta’, Sr. Gringo?

No final das contas, curti bastante minha primeira parada gay. Parece que no Brasil a coisa ‘e mais punk, mais micareta, pegacao… mas aqui, ‘e bem tranquilo, como tudo na Alemanha. Procuro companhia pra ir na parada de Frankfurt!