Kiss!

Logo quando eu vim pra esses lados do mundo, o Kiss anunciou que ia fazer show no Brasil. Droga!

Mas ai, numa das idas a Berlim, eu vi um cartaz anunciando show deles la’, fiquei toda contente e comprei meu ingresso. Pra esse show, nao precisava achar companhia nem nada – precisava so’ de ir e ficar na primeira fila.

Tirei um dia de folga, fui pra Berlim, fiquei ‘a toa o dia todo e, na hora de me preparar pro show… cade minha maquiagem? Procurei, procurei, e simplesmente nao achei minha bolsinha de maquiagens na mochila. Fiquei pensando se teria esquecido em casa (impossivel, porque eu nao iria pra um show do Kiss esquecendo a maquiagem); no trabalho (nao, nao mexi na mochila); se teria ficado no aeroporto ou se teriam tirado a necessaire da minha mochila, por ela viajar destrancada…

Fiquei tao, mas tao chateada, que ate’ perdi a vontade de ir no show. Porque ir de cara limpa nao era uma opcao. E eu tinha passado o dia fazendo nada, ficando ‘a toa, sendo que podia ter percebido a falta da maquiagem muito antes! Fiquei me sentindo que nem crianca (e adolescente) que minha mae reclamava que comigo era tudo de ultima hora, que eu era uma irresponsavel, desorganizada, esquecida, e que tudo dava errado porque eu nao sabia me organizar e planejar. Mimimimi.

Precisei reclamar prazamigas no whatsapp pra me darem a brilhante ideia (como ‘e que eu nao tinha pensado nisso?) de sair e comprar MAIS maquiagem! E por acaso a roommate do Teo estava em casa e me disse onde tinha uma loja de coisas de teatro por perto. Em vinte minutos, problema resolvido! Em mais quarenta, eu tava linda e pronta pra sair de casa :D Dessa vez demorou bem menos tempo e eu fiz sozinha. Acho que estou pegando o jeito – que orgulho!

IMG_0809

Fazendo a maquiagem : )

No metro, perto de casa, as pessoas me olhavam entre divertidas e achando esquisito. Quanto mais perto do show, mais pessoas com camisetas do Kiss entravam no metro e me olhavam com aquela cara de ‘eu sei pra onde voce esta’ indo e concordo’. Algumas chegaram a puxar papo e me cumprimentar :)

Depois de alguma aflicao porque eu tinha me atrasado (bastante) e achei que nao ia mais pegar grade, consegui um lugarzinho bacana, tres horas antes do show. Nao foi o melhor lugar nao, mas deu pra ver tudo de pertinho!

IMG_0821

Grade!

Antes do show, varios fotografos apareceram pra tirar fotos e varios tiraram fotos de mim. E’ que eu era a mais gatinha dentre os expectadores :D Impressionante como tinha gente velha. Alguns novos, assim da minha idade; um ou outro mais novo que eu, com os pais. E muita gente velha! Ja’ comentei que aqui na Alemanha nao tem idade pra ser feliz? Adoro!

IMG_0845

O naipe dos fans…

Pequeno parentesis – a banda que abriu o show foi a Five Finger Death Punch e acho que eles sao alemaes – tambem tocaram no Rock am Ring, mas nao deu pra ver. Que sorte, porque sao muito ruins. Barulho puro. Odiei.

IMG_0840

Five finger death punch

Bom, falando do show do Kiss mesmo… cara, showzaco :D Eles tao velhos pra caramba mas nem da’ pra ver – danca, pulam, brincam, fazem cara feia… muito bom! Eu fiquei pertinho, e deu pra ver tudo. E por sorte, o lado que eu escolhi pra ficar era justamente o lado do Gene Simmons! Ele ficou quase todo o show pertinho :D

IMG_0855

Oi, Gene!

Eu ficava na duvida se pulava, dancava, berrava junto, ou tirava fotos… pra variar eu era a unica pulando que nem louca. Mas como ‘e que ouve Love Gun e nao pula, meu deus!? Eles chegavam tao pertinho que nao tinha como nao ficar com a maquina na mao :)

IMG_0882

Paul gracinha

IMG_0885

Paul de novo

IMG_0894

Oi, Thommy!

IMG_0912

Gatinho!

IMG_0914

<3

O show ‘e bem bacana, bem pirotecnico. Fogos de artificio do inicio ao fim, no ritmo da musica. O Gene cospe fogo, o Paul quebra guitarra (disso eu nao gosto), o palco tem partes que sobem e descem e coisa e tal. Muito bacana ate’ pra quem ve de longe. Teve ate’ chuva de papel picado :)

IMG_0923

Cuspindo fogo

Mas o mais legal do show todo ‘e que, logo no comecinho, o Gene chegou no cantinho do palco, me viu, sorriu e APONTOU PRA MIM! Apontou pra mim! Eu sei que ele faz isso o tempo todo, fez isso milhares de vezes com outras pessoas depois, mas a primeira vez foi pra mim! PRA MIM! O proprio Gene Simmons aprovou minha maquiagem, gente! O Thommy, quando veio pro canto do palco, tambem apontou pra mim. So’ o Paul que foi insensivel aos meus encantos.

IMG_0926

Nhooom.

Foram duas horas de show, praticamente so’ hits (fora umas musicas do cd novo, nao tinha como escapar). Galera cantando junto, ate dancando um pouco, arena lotada, muita gente mesmo… muito bacana! O melhor show que eu fui aqui na Alemanha, ate’ agora. E depois do show, como sempre, eficiencia alema. Juro que tinha umas cinquenta mil pessoas naquela arena, e como ja’ sabemos eu estava do lado do palco, certo? Em quinze, sim, quinze minutos eu estava do lado de fora. Como pode, gente? E ainda pra ser mais impressionante, quase todo mundo tinha ido de metro e tinha litros, litros de gente na estacao. Eu achei que ia demorar pelo menos uma hora pra eu conseguir pegar um metro pra chegar em casa. Engano meu, no segundo ja’ deu pra pegar, e nem ficou apertado nao, so’ muito cheio. Em menos de uma hora depois que as luzes se apagaram no palco, eu ja’ estava no bar, do outro lado da cidade. Ah!, eficiencia alema!

IMG_0960

Geracoes :D

Rock am Ring, parte II

Opa, voltei :D

Agora a analise do que realmente importa no Rock am Ring – as bandas!

Chegamos na 6a ‘a noite e perdemos muitos shows de bandas conhecidas como Fun, Paramore, Cro… mas assim que botamos o pe’ no festival fomos recompensados pelo show da Kakkmaddafakka, uma banda indie norueguesa. Eles sao beeeem legais, e depois que baixei os cds ate’ descobri que tem musica deles no radio!

Vimos um pouquinho do Bullet for my Valentine – de tanto ouvir falar, eu esperava mais, mas achei muito barulhento. Acho que, pelo nome, eu queria uma coisa mais romantica haha.

Show do Limp Bizkit foi muito, muito ruim. Eles fizeram um cover/mashup de Master of Puppets, Sweet Child O’ Mine, Alive e Smells Like Teen Spirit que foi de morrer de tristeza. Nao querem fazer direito, nao facam, amiguinhos. O cover de My Generation tambem foi bem ruim, e eu so’ queria sair de perto do show. The highway, por favor.

Pra fechar a sexta fomos assistir os headliners: Thirty Seconds to Mars. Eu nunca tinha ouvido falar nos caras, depois ‘e que me contaram que ‘e a banda do Jared Leto. Que ‘e um gato, mas se quiser ficar quietinho, faz bem. As musicas sao okeeeey – tipo assim um Nickelback piorado. Mas os caras sao insuportaveis no palco! A plateia (lotada de adolescentes histericas e histericos) estava louca com eles, e eles perguntando ‘voces ja’ ouviram falar no 30 seconds to Mars?’. Achei chato, ruim, e cheio de marra.

Sabado fomos cedo pro festival. Eu queria ver as bandas do comeco, sem tanta competicao, e bandas que eu nao conheco. Comecamos com o Jake Bugg que a Yolanda ja’ tinha me recomendado e eu gostei muito. A voz dele ‘e uma delicia, e as musicas sao muito gostosas! Unico senao ‘e o show, porque ele fica no palco sem se mover, se achando o mais gostoso do universo. Mas se voce nao ligar muito pra ele, o som ‘e muito bom!

O show do Stereophonics foi okey – eu tinha alguma expectativa porque a Dedeh gosta muito dos caras e eu nunca tinha ido num show, e gosto muitao de varias musicas. Mas eles nao tocaram Mr. Writer (que eu adoro) e, quando fecharam o show com Maybe Tomorrow, o som estava tao zoado que ate’ eles fizeram cara feia. Mas legal ir no show e lembrar da ‘epoca da faculdade :)

O proximo da lista, Biffy Clyro, tambem indicacao da Yolanda… e’ uma banda escocesa que ‘e ate’ antiga – achei cds deles de 2002 – e o show foi bem legal. Claro que ajudou a banda toda estar sem camisa no palco e serem uns gostosos! Ate’ achei que todos os clipes seriam assim sem roupa, mas infelizmente nao. Bom, gostei mais do show do que das musicas em si; teve bao :)

O show do Phoenix pra mim foi o melhor do festival, mas ‘e porque eu adoro a banda e eles tem sido minha trilha sonora aqui na Alemanha. Tocaram Love like a Sunset no por do sol e o Thomas Mars (nem sabia o nome dele) ‘e um fofo. Eu nem lembrava que eles sao franceses.



Dai corremos pro show do Prodigy – gente do ceu, que show louco! Acho que as pessoas estavam muito loucas e drogadas, que nem nesse video, um clima totalmente diferente do show do Phoenix logo mais cedo em outro palco. Se eu nao estivesse tao cansada (e estivesse mais encachacada) eu teria curtido e ficado, em vez de ir embora dormir.

No domingo, chegamos mais cedo ainda, porque o plano era ir embora cedo pra trabalhar no dia seguinte…

Pegamos o finalzinho do show do All Time Low e constatei que nao ‘e so’ o Rock in Rio que tem boyband :D

O Royal Republic ‘e uma banda sueca e eu curti muito, e nao ‘e so’ porque os caras sao gatos :D O show foi super legal, as musicas sao legais, e os caras parecem super simpaticos. Aprovado!


Assisi o Bad Religion porque me pareceu uma dessas bandas classicas, mas nem curti o show. Os caras tao velhos e mandaram bem (pra idade haha), mas achei o som sem graca. Pelo que eu li os caras foram importantes e tem letras bacanas, mas eu sou cabeca-oca e nem curti tanto : )

O Till fazia questao de ver o Simple Plan e la’ ficamos nos… veeeeeeeeeeelho, que banda chata. As adolescentes e os adolescentes estavam la’ histericos, e na verdade o show e’ animado e divertido, mas as musicas sao muito ruins! Vergonha alheia desse povo, nessa idade, cantando essas letras! Mas, pensando bem… eles tao ai fazendo show e ganhando milhoes, e eu nao. Mals.

E por ultimo, antes de ir embora, sentamos pra ver o show que seria a banda mais legal que eu conheci no festival: Bastille. Os caras sao uns fofos (fofos mesmo), as musicas sao fofas, e o show foi otimo. Nunca tinha ouvido falar e adorei! Se tiver mais show, topo voltar.



Bonus: nao deu pra ver os Wombats porque saimos antes, mas eles tambem sao bons :D

Resumindo: pra ver bandas que eu ja conhecia, festival nem ‘e tao legal, porque ‘e muita coisa ao mesmo tempo e os shows sao curtinhos. Mas pra conhecer coisas novas, foi otimo! Agora que estou tendo tempo de ouvir tudo com calma, melhor ainda. Rock am Ring aprovado!

Rock am Ring, parte I

Fiquei sem dar noticias porque estava me esbaldando na temporada de shows :D

Final de semana passado teve Rock am Ring, que ‘e um dos maiores festivais de rock da Europa. Eu tinha comprado os ingressos ha’ muito tempo, e decidido ir sozinha mesmo, e rolou toda uma emocao por causa de uma barraca que eu comprei mas nao chegou no dia combinado. Pensei em desistir de ir mas ja’ estava tudo pago; fui na rua, comprei outra barraca, resolvi que ia sim, e ai um amigo resolveu que ia junto. E esse amigo tem barraca e colchao e carro. Quase matei o cabra por decidir na 5a feira ‘a noite ir no festival que comecava na 6a, mas achei melhor ir com o amigo vivo porque ai ele era melhor companhia :D

Gente, quem ta’ acostumada com Rock in Rio e Pop Rock Brasil nao sabe o que ‘e eficiencia alema. Sao 80 mil pessoas e a grande maioria acampa no festival mesmo – a cidadezinha onde ‘e o evento nao comporta a galera, e acampar ‘e parte da graca. Sem contar que ‘e de graca : ) Quando chegamos, na 6a ‘a noite, todos os campings ja’ estavam lotados fora o mais distante de todos – teve gente que chegou la’ na 4a, 5a feira. E mesmo o nosso camping ‘vazio’ era gigante e tinha litros de carros e gentes.

IMG_0690

Chegando no acampamento

IMG_0695

Pois ‘e.

Organizacao alema – os carros todos parados bonitinhos, e as barracas ali perto, mas em outra parte. E cara, como tinha barracas enormes! A gente levou pouca coisa (e agora eu sei que levei tudo errado), mas tinha gente profissional la’. Eu fiquei sem graca de tirar foto, mas tinha gente com aquelas barracas pra familia, que cabem 10 pessoas. Tinha mesa, cadeira, banquinho, tinha gerador, tinha quilos de comida, tinha fogareiro, tinha panela, som, bagunca, tinha uma galera que levou uma piscininha plastica pra gelar cerveja :O

IMG_0691

Barraca do Brasil :)

Na hora de ir pro show, voce fecha a barraca e vai-se embora. Quando volta, ela ta’ la’ lindinha como voce a deixou. Alemanha.

Eu tinha ficado com medo de me perder por la’, porque o lugar ‘e enorme, os campings sao gigantes e bem longe, mas tem servico de onibus que passa em todos os campings e leva pra porta do festival. E como o nosso era o mais longe, pegavamos sempre o onibus vazio : ) Mas ficar longe assim significava que a gente ia pro festival para o dia, e so’ voltava de noite. Tudo bem, porque os shows comecavam duas da tarde e iam ate’ duas da manha mesmo!

O festival acontece na pista de Formula 1. E’ bem legal porque, apesar de o lugar estar disfarcado de festival, ‘as vezes da’ pra ver coisas da pista :D

IMG_0723

Pista de Formula 1 ; )

A cidade ‘e pequena e bem fofinha. Quando eu for no festival de novo, vou procurar um hotel na cidade mesmo, porque ai aproveito e conheco um pouco. Parece que tem um castelinho fofo : )

IMG_0741

Nurburg

IMG_0742

Nurburgring

Mais sobre o acampamento: organizacao, organizacao, organizacao. No festival tinha banheiros de graca (volto nesse topico depois), mas no acampamento tinha que pagar 50 centavos pra banheiro e 2 euros pra banho. O banheiro tinha espelho, pia, sabao, toalha de papel, vaso de porcelana mesmo e papel higienico. Surreal. E os chuveiros tambem estavam bem bacanas – e limpos. A agua nao era queeeeente nao, mas como tomei banho sabado de manha e estava um calor infernal, foi de boa. E tinha ‘agua potavel de graca, pra cozinhar e encher garrafas. Tudo com fila, limpo, organizado… Alemanha, Alemanha.

O festival mesmo foi beeeem legal. Tinha 3 palcos ao mesmo tempo, o que fez com que a gente visse poucos shows, mas acho que escolhemos bem. O palco principal e’ enorme e pra chegar perto tinha que dar uma super volta. E” que funciona assim: sao 3 cercadinhos, como se fossem ‘areas vips. No primeiro cercadinho, perto do palco, eles so’ deixavam ficar 9 mil pessoas. No segundo, mais distante, 12 mil, e o terceiro era aberto. Entao pra conseguir entrar no primeiro cercadinho tinha que ou chegar cedo ou dar sorte de ir numa hora que estivesse mais vazio. A sorte ‘e que as bandas que eu queria ver estavam no palco alternativo, menor, e no palquinho ‘pequeno’. Outra coisa boa ‘e que esse palco alternativo tinha bastante espaco na frente, entao dava pra sentar e ficar vendo os shows.

IMG_0756

Curtindo os shows de longe

IMG_0764

Palco alternativo

Alem dos palcos, tinha milhares de casinhas de comidinhas (de tudo quanto ‘e coisa, ate’ langos tinha) e umas casinhas promocionais de radio, de bebida, de carro, de tudo o mais. A mais legal era a da Jagermaister, que ale’m de dar umas capaz de chuva bem legais, tinha umas bandinhas superlegais tocando la’ de cima. Ah!, e tambem vendiam Jager. : )

IMG_0761

Casinha da Jagermeister

A felicidade e a torquês

Preciso dizer aqui que eu tou muito contente que eu tenho uma torquês (e tambem um alicate de bico). Preciso dizer tambem que meus amigos nao sabem o que ‘e uma torquês!

Nao ‘e so’ que eu goste de ferramentas. E’ que a vida da dona de casa ‘e uma luta danada, e nao da’ pra encarar sem o ferramental adequado. Eu adoro fazer uma gambiarra (deve ser genetico) e, com toda a minha forca e tamanho, se nao tiver uma ajuda, nao vai. Nao ‘e que as coisas ficam mais faceis com ferramentas – elas ficam possiveis.

Acabei de terminar (finalmente!) a instalacao da maquina de lavar. Na verdade, meu pai ja’ tinha sugerido fazer a gambi que eu fiz, ao que eu respondi toda seria ‘naaaao, vou na rua comprar a peca e instalar direitinho’. Fui na rua, comprei a peca, e a danada nao coube (na verdade acho que instalamos o cabo ao contrario). Dai so’ me restou cortar um pedaco do cabo e instalar o que restou.

Eu estava doida pra poder usar a torquês novinha e acabei fazendo um super estrago emocionante enquanto que, se eu tivesse usado a serra de metal, seria uma cirurgia limpinha. Mas o que importa ‘e que funcionou, a mangueira esta’ ligada direitinho, ja’ testei, e em breve lavarei roupas e descobrirei se ficou bao mesmo.

E pra quem ainda nao sabe o que ‘e uma torquês, fica o desenho :)

big41051120PDM001B

So’ que a minha ‘e mais bonita

Corrida de cavalos

No feriado fui ‘a corrida de cavalos.

Eu nem tava tao a fim de ir, mas o cavalodromo ‘e aqui do lado de casa, e o dia tava lindo. Custou 9 dinheuros pra entrar, e eu quase desisti na porta, mas ai vi barraquinhas de comida la’ dentro e entrei :D

Eu sou a favor de ter tantas experiencias novas quanto possivel, e te-las o quanto antes possivel. Vai que eu descubro que a-do-ro corrida de cavalo, mas so’ descubro isso na ultima corrida da temporada? ‘E que nem descobrir que gosta de futebol americano no Superbowl!

O lugar ‘e enorme, e muito bonito. Apesar de ser fora do centro, da’ pra ver os predios grandes e bonitos da cidade.

IMG_0625

Vista da cidade

Depois de pagar pela entrada, parece que todos os lugares sao acessiveis – eu me sentei num lugar coberto, cheio de cadeiras, bem na frente da linha de chegada.

IMG_0636

Pena que nao saiu o telao

Foram varias corridas, umas sete, e tinha um livrinho dando detalhes de todos os cavalos e caveleiros e cavaleiras (sim, tinha mocas correndo) que estavam no pareo. E muitas, muitas casinhas pra apostar! Antes da corrida dava pra ver os cavalos num cercadinho. Eu pensei seriamente em apostar, mas acabei desistindo. Eu ia apostar um euro, no maximo dois, e muito provavelmente ia ser dinheiro perdido. Mas se acontecesse um milagre e eu ganhasse, eu ia ficar puta de ter gastado a sorte apostando uma merreca. Sem contar o trabalho de enfrentar fila pra apostar e depois pra pegar a merreca de premio. Larguei mao.

IMG_0627

Cavalos, que mais?

IMG_0644

Upa, upa, cavalinho!

De qualquer maneira, mesmo sem apostar, foi legal de assistir. As pessoas estavam vibrando muito mais pelos cavalos do que vibraram pelo Clapton, ve se pode. Fiquei decepcionada com as madames e madamos – eu esperava ver muita gente de fraque e de chapeu. Tinha umas pessoas arrumadas, mas nao muitas. A maioria estava de jeans e camiseta como eu. Falta de graca! O que ‘e uma corrida de cavalos sem chapeus!?

Detalhe: a analfabeta funcional aqui, indo a pe’ pro Cavalodromo e sem saber se era mesmo a direcao certa, foi pensando ‘hmmm, mas se fosse aqui, o ponto de bonde chamaria Cavalodromo, e nao o nome da rua, ne?’. So’ que a rua chama Rua do Cavalodromo – Rennbahnstrasse. E’ muita fluencia no alemao :)

Hello, old friend!

Show do Clapton, na grade!

IMG_0602

Old love, leave me alone

Nem vou falar muito do show. O Clapton ‘e foda, a banda ‘e fenomenal, as cantoras de apoio tem vozes fantasticas. Pra ser sincera, o moco nao ‘e exatamente carismatico – parece que ele ‘e bem timido e nao gosta do palco. Mas ele toca lindamente e o show foi otimo :D

Senti falta de Layla na versao normal, nao acustica – mas ai fiquei pensando que o homi escreve essa musica linda linda linda, super emocionante, e depois tem que passar 40 anos cantando a musica de novo e sofrendo com ela? Melhor cantar a versao acustica sem-graca e nao apertar tanto o coracaozinho, ne’. Desculpado, ainda mais porque tocou Sunshine of Your Love no finalzinho :D

Mas o que eu queria dizer ‘e, como ‘e diferente show aqui.

Eu e o Otavio chegamos 15 minutos antes de abrir as portas, ou seja, nem duas horas antes do show. Nao precisei nem correr- so’ andei depressa – e ainda tinha lugar na grade. Oia eu ai pertinho!

IMG_0608

Grade, minha amiga

Tudo bem que o Clapton nao ‘e o cara mais animado, e teve uma hora que ele tocou umas coisas acusticas que eu dei uns bocejos. Mas ne, as pessoas que estao na grade costumam ser as que gostam mais, e mais estao na pilha do show, ne nao? Ne’ nao. Nunca vi um pessoal tao desanimado.

IMG_0607

Audiencia super animada

Nessa foto ai nao estamos esperando a banda, nem esta’ no intervalo nao! A banda ta’ tocando!

Alias ja’ vi gente desanimada sim: nos Eua, em todos os shows que eu fui. Especialmente num show do lindo do Brian Wilson, o qual eu vi SENTADA e ninguem nem cantava junto. Estavam la’ pra ouvir o Brian, nao eu gritando, certo? Certo, mas sem graca que so’.

Espero que os shows e festivais em que eu vou no futuro proximo sejam mais animadinhos. Ja’ tou vendo que no show do Kiss so’ vai dar eu la’ gritando! :D

Wolkenkratzer Festival

Duas semanas atras teve o Wolkenkratzer Festival, tipo assim o festival dos predios altos.

Rolou de tudo que poderia ter a ver com altura. Teve bungee-jumping e gente andando na corda bamba entre predios. Teve banda tocando suspensa num container. Teve um monte de show. Teve gente andando de moto em cima de uns cabos de aco. Teve equilibrista a mais de 60m de altura. Teve futebol vertical (uma bobagem, rs). Teve brinquedos pras criancas. Teve queima de fogos.

O que eu mais gostei foram duas coisas: um negocio chamado TÜRME AUS MENSCHEN, ou torre de gente, e uma banda. Essa torre de gente e’ de cair o queixo – eu fiquei assistindo e minha boca foi abrindo. Eles fazem uma torre de muitos andares de gentes. Nos primeiros andares so’ homens grandes, depois vai tendo gente mais pequena e leve, ate’ que la’ pelo setimo andar, sao criancas. O mais legal ‘e como eles sobem escalando as pessoas que ja’ estao montadas. E’ muito rapido e muito legal!

IMG_0565

A base, vista pelo telao

IMG_0568

Quarta camada

IMG_0569

Quinta camada

IMG_0573

Escalando a galera

A ultima criancinha sobe que nem um macaquinho, muito fofa, chega la’ em cima, da’ um oi pra galera e desce pelo outro lado. Nem fica la’ dando bobeira nao.

IMG_0574

Esperando a ultima

IMG_0575

…e descendo pelo outro lado!

Aqui tem o video. E’ de cair o queixo! E eles nao usam nenhum equipamento de seguranca, fora esses capacetes das criancas! :O

A segunda coisa que eu amei foi uma banda que chama The Baseballs. Os caras tocam musicas novas (Lady Gaga, 50 Cent, Kate Perry e afins) com arranjos da decada de 60. E os caras usam topete e dancam que nem o Elvis! Casava com todos os tres!

IMG_0579

The Baseballs

Esse video ‘e sensacional:

E tem outros muito bacanas aqui, aqui, aqui.

E a melhor versao de ‘Ai, se eu te pego’ ever ;D

Muito mais legal que o show da Nena! :)

Passeio de barco

Aqui em Frankfurt tem um passeio de barco, quem faz ‘e a Primus Linie. Eles tem varios passeios, de dia e de noite, e ate’ um happy hour, e tambem passeios pelo rio ate’ cidades perto.

Fizemos o tour pela cidade mesmo – duas horas custa 10,40 por pessoa. Nao achei caro, mas achei bobo. Tem um servico de audio que vai explicando as coisas que vamos vendo, em alemao e em ingles. A explicacao em ingles era sempre muito menor e menos detalhada do que a em alemao, e mesmo em alemao nao parecia falar muita coisa nao. Aprendi muito pouco sobre a cidade em duas horas. A vista ‘e bonita, caso o dia colabore – o que nao foi o nosso caso.

Pra dar um role’ de barco ‘e legal, e tinha alguns noivados e jantares romanticos rolando no barco :D mas como guia turistico da cidade, recomendo nao. Fica a dica :D

Wäldchestag

No feriado do dia 20 de maio, teve quermesse. Nao tenho outra palavra pra traduzir o Wäldchestag!
Em teoria, ‘e o dia da terra – e segundo o site de Ffm, ‘e uma celebracao do quanto o frankfurteano se identifica com a cidade e gosta dela. Se for considerar as 54 barraquinhas de comidinhas tipicas, da’ pra entender perfeitamente!

A festa foi aqui perto de casa, na floresta, e a unica coisa ruim ‘e que, alem de frio, estava chovendo e tinha bastante barro. As barraquinhas de sorvete, coitadas, nao deviam estar vendendo nada. Mas quem ‘e que imaginaria que estariamos ainda a 10 graus no final de maio?

A festa tinha barraquinhas de comidas, bebidas, brincadeiras e tambem tinha um parque de diversao. Se isso nao ‘e quermesse, ‘e o que’?

IMG_0520

Chegando na quermesse

Tinha muitas barraquinhas de comida tipica, o que foi otimo porque deu pra eu tirar o atraso desde as feirinhas de natal, e tambem pra mostrar pros meus pais como as coisas daqui sao gostosas. Essas barracas sao lindas, especialmente as de doces – castanhas e amendoins com cobertura doce, pipocas, chocolates, frutas com cobertura de chocolate, balas…

IMG_0519

Hmmm!

IMG_0521

Balas no peso

Eles comeram coisas bem tipicas daqui – uns cogumelos que vem num molho fantastico, wurst, bratkartoffel. Eu fui direto nas comidinhas que eu amo: kartoffelpuffer com molho de alho e langos! Sim, tinha langos! Olha a felicidade da moca comendo langos!

IMG_0524

Langossssss

(langos ‘e um negocio hungaro, que tem sempre em festa de rua mas nao achei ainda um lugar que venda sempre – por isso esse amor pelos langos de barraquinha. ‘e uma massa de pastel, cheeeeia de gordura, que eles tiram do oleo pelando e passam creme de alho e jogam queijo por cima. hmmmm)

Tambem tinha uma parte com brinquedos e tinha muita crianca e adolescente. O brinquedo que eu achei mais legal e estava doida pra ir (mas nao tive nem companhia nem coragem, por causa do frio) ‘e esse das fotos com piscina: tem uma piscininha e umas bolas gigantes de plastico nas quais voce entra. E pode ir adulto! Fiquei doida pra brincar. Quem sabe no verao.

IMG_0529

Brinquedos radicais

IMG_0533

Eu queria!

IMG_0535

Mas tava frio…

Tambem tinha varias bandas tocando, uns caras com tecladinho (ai meus ouvidos) mas outros com instrumentos de verdade mesmo! Acabou que gostamos tanto da quermesse que fomos na hora do almoco, voltamos pra casa pra tirar um cochilo e fazer a digestao, e de tarde na hora do lanche fomos de novo. E’ que era muita comidinha pra aproveitar de uma tacada so’!

DIY – comoda de poster, parte II

Depois da bem sucedida experiencia com os Bitous, me animei a fazer as outras duas comodas. Pensei em fazer as tres dos Bitous, porque eles tem posters lindos em preto e branco, mas seria injusto com minhas outras bandas preferidas. Como foi dificil achar posters dos Beach Boys em preto e branco! Depois de muito procurar, achei um na All Posters. Nao ‘e o poster mais lindo deles nao, mas o que importa ‘e que sao eles! Quem liga pro fato de eles estarem carregando umas tabuas? ‘E simbolico da minha montagem de casa, :D

Falando da loja, nao foi caro (dois posters + entrega ficou em 16 euros), e chegaram muito rapido, num tubo de papelao, perfeitamente lisos. So’ ‘e dificil achar no site, porque tem poster pra caramba. Recomendo.

Da ultima experiencia pra essa, aprendi umas coisas (e desaprendi outras).

Os puxadores, eu esqueci de pintar junto com as comodas. So’ ontem lembrei que ainda tinha isso. Mas pintei todos os 12 de uma vez, e usando o maravilhoso metodo de colocar todos em papelao, e nao em isopor. Muito melhor. Acho que agora posso guardar essa lata de tinta branca no porao, ufa!

IMG_0655

Os puxadores perdidos

Em vez de colar o poster inteiro no movel, cortei em tres partes e depois colei separado. O jeito que eu achei mais pratico foi colocar as tres gavetas em cima do poster, cortar as beiradas, depois tirar uma a uma e cortar as divisoes, tudo com estilete. E tudo em cima de um papelao gigante, pra nao riscar o piso.

IMG_0651

Embaixo tem o Elvis

Em teoria funciona, mas precisa de ter a mao muito firme com o estilete (o que nao ‘e o meu caso). Eu acabei cortando um pouco torto, e tirando umas lasquinhas das gavetas tambem. Acho que tambem ajudaria ter outra pessoa pra segurar a gaveta enquanto uma corta – eu tive que fazer tudo junto ao mesmo tempo e acabei tendo que jogar o peso do corpo em cima da gaveta pra impedi-la de se mover, o que nao ajudou muito na precisao com o estilete.

IMG_0648

Que dor cortar os Beach Boys!

(juro que cortar o poster justo na cabeca do Mike Love nao foi proposital. acontece)

Depois foi so’ colar as partes nas gavetas, muito mais facil do que cortar com ele ja’ colado. Uma dica ‘e que eu colava um pedacinho no meio (so’ pro papel ficar parado), depois marcava se tinha que cortar qualquer rebarba de papel nas beiradas, e so’ depois colava tudo. La’ pela decima segunda gaveta (que foi justamente a cabeca do Elvis) eu ja’ tinha aprendido como faz pra enrugar menos. Mas mesmo enrugando, nao tem problema, porque nao da’ pra ver. E a ideia nao ‘e ficar profissional :)

IMG_0649

Let’s go gluing

Uma coisa que nao teve jeito de resolver foi as beiradas de dentro das gavetas. Se eu tivesse papel ilimitado, eu teria ’embalado’ a gaveta e colado ate’ um pouco dentro. Mas nao tinha como fazer isso, ou o Mike Love ia ficar sem nariz – eu nao gosto dele, mas dai a deforma-lo ‘e outra historia. Outra coisa que funcionaria teria sido pintar essas beiradas de branco ou preto, mas fiquei com medo de a cola nao pegar depois (e rolou uma preguica). Talvez eu ainda faca alguma coisa com essas beiradas num dia que eu acordar muito dona-de-casa e nao tiver nada pra consertar ou limpar em casa (ou seja, nunca).

No final das contas, minhas comodas ficaram lindinhas assim:

IMG_0656

I’m a real cool head, I’m making real good bread!

IMG_0657

Love me tender, love me true

E na montagem com todas – ai, que orgulho!

IMG_0457

Rock’n’roll music :D