Onde tem balada, tem a velharada

Aqui na Alemanha ‘e muito comum ter gente ‘velha’ (quarenta, cinquenta) nos bares e nas baladas. Eu ja’ estava achando que nao existia idade pra ser feliz e que ia me dar super bem. Mas estou repensando.

Pra ser bem sincera, faz um tempo que nao ‘e toda balada que me diverte. Eu achava que era culpa da falta de companhia aqui em Ffm, mas passei dez dias no Brasil e nao fui em NENHUMA balada! O unico dia que eu ia ‘com certeza’ levei um bolo e achei bao! Eu ando super cansada, e ando gostando de ir a lugares mais tranquilos pra poder conversar. Outro dia *pedi* pra ir embora pra casa. O que esta’ acontecendo comigo!? Sera’ a idade chegando!?

Fico sentindo que admitir que nao sou mais tao baladeira como antigamente e’ envelhecer uns 15 anos, assim de repente. Nhe’.

Agora esse 'e o Black Label que eu tomo

Agora esse ‘e o Black Label que eu tomo

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s