Passeio de Natal, parte I

O passeio de natal foi tao longo e teve tantas fotos que vem em partes : )

No sabado, sai de casa cedinho e peguei meu voo da Lufthansa pra Dubrovnik. Eu nao canso de dizer que Dubrovnik ficou no meu coracao (alias a Croacia toda); o Bernardo disse que a piloto devia ter cobrado mais caro pela passagem so’ pela vista que tivemos da cidade antes de pousar. Minhas fotos nao ficaram boas, mas quem ficar muito curioso pode jogar Dubrovnik no Google, e Split, e Hvar, e Pula… ah!

Mas o plano era encontrar o Bennies por la’ e cair direto na estrada pra Montenegro. Primeira emocao: o GPS nao tinha as cidades em que queriamos parar, Budva e Kotor. Muito estranho, porque as duas sao super famosas (bom, pra Montenegro) como destino turistico. So’ tinha a capital, Podgorica, e uma cidade chamada Bar. Na fronteira aproveitei pra tirar uma foto disfarcada do mapa do pais, e vimos que Budva era pros lados de Bar – pra Bar nos mandamos. O dia estava lindo, especialmente pra quem nao via sol ha’ quase dois meses.

IMG_8667

Montenegro

Como a estrada vai margeando o mar, e’ dificil se perder – a nao ser se voce se distrair com a beleza do lugar. Montenegro e’ lindo, bem ao estilo da Croacia mesmo.  Uma cadeia de montanhas no fundo e a baia no meio – bonito demais. Budva e Kotor ficam num cotovelo de mar entre as montanhas; nao tem foto que nao fica bonita.

Resolvemos parar pra almocar em Kotor mesmo – e o medo de que o dia seguinte estivesse nublado? Meio que por acaso, acabamos no (provavel) melhor restaurante do lugar. E so’ tinha a gente ; )

IMG_8671

Restaurante Galion, visto de fora

IMG_8674

Visto de dentro

A vista do restaurante era de mar pra todos os lados, fora a fortaleza de Kotor, que e’ linda tambem. Nao e’ um restaurante barato, mas dinheiro a gente ganha pra que? Ainda ganhei o almoco/jantar de presente de aniversario atrasado : ) A comida estava muito boa, o vinho tambem, e quase que nao quisemos terminar a viagem. A parte boa ‘e que a gente sabia que voltava pra Kotor no ultimo dia tambem.

Vista da muralha de Kotor

Vista da muralha de Kotor

Mas fomo-nos embora e tocamos pra Budva. Ao chegar na pousada que reservamos, outra surpresa – donos malucos. Nos chamaram pra tomar uma rakija (uma cachaca de frutas que e’ bem comum pra esses lados) que eles mesmo faziam, nos serviram azeitonas colhidas do pomar (nunca comi azeitonas tao gostosas), pate de peixe, batata… se nao tivessemos acabado de jantar, teria sido melhor ainda! Eles queriam um bom review no booking.com e vao ganhar, assim que o site me mandar a pesquisa. A pousada e’ super perto tanto do mar quanto da cidade antiga; o quarto era arrumadinho, limpinho, tudo certo. E o preco foi honesto – 27 euros pela noite. Nao fomos no restaurante deles (que e’ dentro do hotel), mas pelo que serviram pra gente, devia ter bastante coisa gostosa. Ate’ me deu fome agora. Voltando a Budva, ficarei no Simona Lux!

De noite, passeio pela cidade velha (fotos escuras!) e tentativa de balada. Nessa ‘epoca de inverno, tudo fica paradissimo! Conhecemos um moco no mercadinho que nos perguntou muito espantadamente – o que dois brasileiros estao fazendo aqui no inverno? O mais bacana e’ que ele ‘e que puxou assunto (o mercadinho estava mesmo ‘as moscas) e nos contou que adora o Silvio Santos. E ainda disse que gosta das ‘pegadinhas’, assim mesmo em portugues. Michel Telo’ e Silvio Santos, nossos produtos de exportacao…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s