E a cabra disse me’

Estou horrorizada, desde anteontem, com um artigo que saiu na Veja dessa semana. Artigos homofobicos, racistas, misoginos, a gente ve na internet aos montes, nao precisa nem preocurar demais. Mas na Veja?! Meus pais leem a Veja, os pais dos meus amigos leem a Veja. Sera’ que eles vao ler e achar normal comparar casamento gay a casar com uma cabra?

Primeiro eu achei que era invencao, mas depois apareceram fotos e vi que realmente o tal artigo saiu na revista. Pra comeco de conversa, me irritou ele falar de ‘homossexualismo’ – a homossexualidade nao e’ doenca, e esse termo nao se usa mais faz tempo, do mesmo jeito que nao se usa ‘heterossexualismo’. Jornalista nao e’ aquela pessoa que pesquisa antes de escrever sobre um assunto? Ah, ta’.

Outra coisa que me irritou bastante foi ele colocar sempre homofobia entre aspas, como se fosse um negocio que nao existisse, que nem esse tal de ‘racismo’ e aquele outro inventado, o tal ‘machismo’. Como se nao existissem crimes de odio, como se gays e lesbicas nao fossem xingados, maltratados, espancados e mortos por serem gays e lesbicas. De vez em quando sobra ate’ pros heteros, como aquele caso de pai e filho que estavam andando abracados em Salvador e foram espancados na rua.

O texto tem mais um milhao de outras barbaridades – do tipo dizer que tudo bem homossexuais nao poderem doar sangue, ja’ que gente doente tambem nao pode (oi!?). Do tipo dizer que os homossexuais estao querendo passar leis para que as pessoas sejam obrigadas a gostar deles (como?!). Do tipo dizer que as conquistas que os homossexuais tiveram ate’ agora nao foram com paradas gay ou projetos de lei contra a homofobia, e sim pelo ‘avanco natural das sociedades’ (mais hein?!). E o voto feminino foi assim tambem, certo? Nossas maes e avos nao precisaram fazer nada, foi so’ esperar o avanco natural das sociedades….

Quando eu era adolescente, eu lia a Veja pra ficar atualizada das novidades e ate’ porque precisava estar informada pra passar no vestibular. Sera’ que a revista ja’ tinha essas barbaridades e eu e’ que nao percebia!?

Por enquanto so’ vi o rebulico nas redes sociais – inclusive indico dois textos otimos, um da Lola e outro do deputado Jean Willys. Mas espero que as pessoas mandem cartas e emails pra redacao, e que eles tenham a decencia de pedir desculpas pelo texto. Sera’ que se eu mandar uma carta daqui chega a tempo?…

E sobre o argumento da cabra… segue um desenho explicativo (nao sei a fonte original; vi no facebook).

Advertisements

One thought on “E a cabra disse me’

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s